Taiadablog: Caçapava: Polícia abre inquérito para investigar site Caldeirão de Ofertas !!!

sexta-feira, 30 de março de 2012

Caçapava: Polícia abre inquérito para investigar site Caldeirão de Ofertas !!!


 

Os donos do site de compras coletivas de Caçapava, Caldeirão de Ofertas, são investigados por estelionato. A polícia esteve na sede da empresa por volta das 11h30 desta sexta-feira (30). "Compareceram algumas vítimas na delegacia dando conta de que negociaram através do site e as mercadorias não foram entregues e o Poder Judiciário concedeu mandato de busca e foram apreendidos computadores", explicou o delegado Aurélio Cardamone.

Documentos e notebooks que também foram apreendidos vão passar por perícia. No momento em que os policiais chegaram, apenas funcionários estavam trabalhando. Os responsáveis pelo site, duas pessoas que moram na cidade, devem prestar depoimento na próxima segunda-feira, dia 2 de abril. "Quanto à retirada do ar ou não do site, aí depende de decisão judicial no transcorrer do inquérito", reiterou o delegado.

Os donos do site são investigados por estelionato. Um empresário, que não quer se identificar, da cidade de Ourinhos, noroeste do Estado, anunciou na página. Segundo o comerciante, foram vendidos 200 óculos de sol, mas nenhum repasse das vendas foi feito. "No meu caso é de R$ 14 mil a R$ 15 mil mais ou menos. Cada hora é uma desculpa. Já falaram que o banco não está liberando pagamento, que eles vão fazer, mas tem que aguardar".

Ele entrou em contato com site para resolver a pendência, mas agora o Caldeirão de Ofertas não tem atendido as ligações. "Eu já liguei centenas de vezes só para o diretor da agência eu já liguei mais de 120 vezes, ele não atende".


O Procon já registrou 28 reclamações contra o site entre outubro de 2011 e março deste ano. Há denúncias ainda em um site de reclamações na internet. O Caldeirão de Ofertas já recebeu mais de 1.600 relatos de consumidores.

Muitos não receberam a mercadoria e outros se queixam da demora na entrega. Em outubro no ano passado, pessoas que compraram um vídeo game pelo site ficaram insatisfeitas. Foram vendidos quatro unidades do produto, mas apenas mil consumidores receberam a mercadoria.

"É importante você comprovar o preço que foi anunciado para um momento de uma reclamação dessa. Então, todos os passos a seguir devem ser arquivados de maneira que você possa comprovar e da mesma forma com uma página de pagamento, você também deve arquivá-la, para no caso de principalmente um pagamento não efetuado através do cartão de crédito, você possa comprovar", disse o diretor do Procon, Sérgio Werneck.

Procurados pela produção do Vanguarda TV, os proprietários do Caldeirão de Ofertas não foram encontrados para falar sobre as denúncias.

Matéria repercutida do VN

5 comentários:

Sidnei Lombardi Junior disse...

A policia já passou da hora de prender estes estes farsantes. Me roubaram 770 Reais. Alex de Paula e quadrilha..

Sidnei Lombardi Junior disse...

A policia já devia ter prendido Alex de Paula e quadrilha. me roubaram 770 Reais e a mais milhares de pessoas.

Superedson disse...

Também fui lesado na compra de um tablete. Esse site deveria sair do ar imediatamente para evitar que haja novas vítimas.

Superedson disse...

Também não recebi um tablete comprado em setembro de 2011. Esse site deveria sair do ar, imediatamente, para evitar que haja novas vítimas.

Boguslaw Gomes disse...

eu to com o mesmo problema Também não recebi um tablete comprado em setembro de 2011, o que eu façooooooooooooo???