Taiadablog: Molusco dá indigestão !!!

sábado, 2 de junho de 2012

Molusco dá indigestão !!!

O anti-ético e mequetréfico molusco mentiroso, agendou ida ao Programa do Ratinho, com a intenção de "arrebentar a boca do balão", inflando sua pseuda popularidade e revertendo o quadro terminal de seu candidato traço à prefeitura de SP!

O que se viu, no entanto, foi que o Ibope não registrou um mísero aumento percentual de ganho para o Programa do Ratinho, acendendo um alarme nos produtores televisivo: o molusco é um Denorex, parece que é mas não é!

Vai baixar a bola e apelar para a doença que ainda tem e que esperemos, liquide com esta indigesta fatura, de vez!

2 comentários:

paulista2012 disse...

A indignação da Brigite e a indignação do Lula

O episódio Lula, Jobim e Gilmar deu e continuará dando pano pra manga.

Lula, seja como pessoa física ou jurídica. Sim, como pessoa jurídica, pois usou o Instituto Lula para declarar que ficou indignado. Lula ao mandar um porta-voz divulgar que ele ficou indignado e, depois, em solenidade pública, ele próprio dizer que precisa tomar cuidado com quem não gosta dele, me fez lembrar uma cobiçada prostituta lá da “Cidade Simpatia”. Essa prostituta e outras colegas de profissão circulavam todas as noites pela calçada lindeira da Praça da Bandeira.

Naqueles tempos as pessoas pareciam que nasciam e cresciam compreendendo “cada um é cada um”. Se a calçada lindeira da praça era para “aquele pessoal”, os passeios internos da praça eram para as moças desfilarem sob os olhares dos rapazes, todos gente de família. Ser “de família” não significava família abastada e, sim, família trabalhadora, íntegra. Muitos namoros e casamentos foram proporcionados graças aos “footings” das noites de finais de semana, naquela bonita e alegre Praça. As moças andando de braços dados com a irmã, primas ou colegas. Os rapazes ficavam parados no meio fio do passeio, flertando através de olhares que transmitiam desejos desde cândido amor e sonhos de casamento, paixão ou apenas desejos carnais.

Voltando à cobiçada prostituta da Praça da Bandeira… Lá pelas 23 horas, praça quase deserta e, batata!, sempre algum freguês parava o seu automóvel, ou caminhoneta, fazia sinal para a prostituta. Ela chegava rapidinho, abria a porta do veículo e entrava já quase sentando no colo do freguês. Lá iam para alguma estradinha rural. Naquela época não existia nem um motel no município. Era comum ouvir bravatas e gozações, do tipo, “Eu catei ela no hotel esteirinha…”, em alusão ao uso daquelas esteiras artesanalmente feitas com piripiri, também conhecido como capim-de-esteira, tabira e outros nomes regionais.

Certo dia, sendo eu um adolescente “pentelho”, sai do centro da praça e fui até a calçada dar uma olhada na prostituta mais cobiçada da cidade. Cheguei de frente a ela e perguntei, na bucha, “Prostituta, quanto você cobra?”. Ela se fez de escandalizada, igual o Lula no caso do Gilmar. Ela, tentando manter a “classe” e se comportar igual as moças de família, cochichou no ouvido da sua fiel “escudeira, uma bichinha. Não deu outra… a bichinha ‘pau-mandada’ ficou toda histérica e avançou de unhas e quase conseguiu agarra o meu pescoço, e gritando pra todo mundo ouvir, “A minha amiga Brigite está indignada com você, seu moleque fdp! Agora, esqueça ela! Jamais ela dará umazinha sequer pra você, mesmo quando você crescer e for militar do Regimento Ipiranga. Você ofendeu ela, agora ela não gosta mais de você, seu moleque...”.

Cinco anos depois, eu estava servindo o Exército, já tinha sido promovido a cabo. A prostituta 5 anos mais velha, novas concorrentes no pedaço. Eu cheguei até ela. Ela me reconheceu e, carinhosamente, disse, “Moleque pentelho, cabo bonito, quero ver se a sua pistola funciona… Vamos?…”.

Voltando ao assunto Lula, Gilmar e Jobim. Sem mais delongas, concluo. Desde moleque sei que indignação de prostituta ou de político populista não é indignação coisíssima nenhuma. Por esse e tantos episódios lidos, ouvidos, assistidos pela TV e até presenciados, aprendi que a palavra prostituição abrange não só as putas; políticos, corruptos, pelegos sindicalistas, certos ex-mandatários e ministros, também!

paulista2012 disse...

Tudo é cíclico no Universo.
Tudo é cíclico aqui na Terra.
Tudo é cíclico em uma Nação.
O mesmo povo que vota em Lula será o mesmo que ainda sentirá aversão e nojo do Lula.
Assim está escrito, tudo é cíclico no Universo.