Taiadablog: Veja: Exército apura denúncia de corrupção envolvendo seus oficiais !!!

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Veja: Exército apura denúncia de corrupção envolvendo seus oficiais !!!

Oficiais do Exército estão sendo investigados por terem sido acusados de achacar empresários que venceram licitações para fornecer equipamento ao Exército. 

Eles teriam exigido propina em troca da assinatura de contratos, que seriam pagos por meio de verba do PAC.  Segundo reportagem da Veja, a presidenta Dilma Rousseff já determinou a abertura de uma sindicância para apurar o caso, que está sendo investigado sigilosamente pelo alto-comando do Exército.

Prezados leitores, é bom que se acendam as luzes para a escuridão que está chegando: a outrora mais confiável entidade, na visão da grande maioria dos brasileiros, acaba sendo alcançada, por falta de poder fiscalizatório, pela máfia dos estelionatos, da gorjetinha, dos esquemas, das maracutaias e agora, ficará extremamente difícil, que não impossível, eliminar esta bandidagem dos quartéis!

Lamentável!

2 comentários:

jecanarquista disse...

O que é Ser Oficial das FFAA?

* Ser Oficial das FFAA é ter disponibilidade total para servir a Nação.

* Ser Oficial das FFAA é desenvolver uma carreira assentada em três pilares fundamentais: Ética, Moral e Competência Profissional.

Diga-me com quem andas e te direi quem és!

Independente de credo ou crença religiosa, esses dois provérbios são perfeitamente compreendidos por todos aqueles que se pautam pelas Leis e Valores Éticos e Morais:

* “O justo serve de guia para o seu companheiro, mas o caminho dos perversos os faz errar”. (Provérbios, 12:26)

* “Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos insensatos se tornará mau” (Provérbios 13:20).

De nossos avós, pais e alguns professores ouvíamos desde pequenos, esse dito popular: "Diga-me com quem andas e te direi quem és!". Eram tantos outros ditos populares que faziam parte do dia a dia das pessoas, balizando, alertando e contribuindo para a Educação e Formação do caráter das crianças e jovens - e, se fosse necessário, um alerta aos adultos. Transmitiam a noção e respeito às Leis e aos Valores Éticos e Morais, os riscos de certas imprudências, comportamento e atitudes. Na dúvida, chegavam a exagerar "na dose do conselho", ao dizer algum dito popular que hoje seria "politicamente incorreto e preconceituoso".

Os nossos avós e pais assumiam suas responsabilidades e participavam da Educação e Formação de seus netos e filhos, principalmente nos aspectos relacionados com o Caráter. Eles sabiam muito bem o que poderíamos aprontar se acompanhássemos más amizades, fossem colegas de escola ou companheiros da turma da rua ou do bairro.

Aos poucos os "vanguardistas progressistas" vão enfraquecendo o papel dos pais na educação e formação dos filhos, vão tirando dos professores a autoridade. Os ditos populares estão sendo convenientemente deletados da memória popular. Estão deixando o caldeirão do jeito que o companheiro capeta vermelho gosta. Qual a última vez que nós falamos ou ouvimos pais, ou os mais velhos, dizendo para os mais novos, "Uma maçã podre apodrece todas as outras maçãs do cesto"?

Concluindo, presume-se que tenha sido contra a vontade dos militares, mas as FFAA foram feitas companheiras dos companheiros do Presidente Ex-Sindicalista (a ex-guerrilheira está presidente, ungida que foi pelo Presidente Ex-Sindicalista), a partir da sua eleição e posse em 1º de janeiro de 2.003. "Agora é tarde, Inês é morta!". Antes do "ponto final", uma pergunta:

***** Se más companhias levam o até então Bom e Justo para o caminho que termina no lamaçal da desonra, estaria - ou não, explicada a principal razão para o pulular de "indícios" de corrupção e "supostamente" envolvendo alguns oficiais e praças das fileiras das FFAA?

Da Reserva disse...

Isto é resultado da afrouxamento dos valores da Forças Armadas. Os governantes petista tripudiaram, achincalharam, fizeram o que quiseram com aquilo que eles chamam de ditadura, e que eu como da reserva chamo de defesa da pátria contra os párias de então, e que hoje estão no governo, e nós,os guardiães da legalidade somos taxados como malfeitores e os malfeitores como bonzinhos. Que venham mesmo outros surrupiadores e assim, quem sabe, um dia tomemos a mesma posição de defesa da pátria que outrora fizemos, e nossos valores de então sejam recuperados.