Taiadablog: Marco Aurélio passa mal e é internado !!!

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Marco Aurélio passa mal e é internado !!!


Marco Aurélio Garcia, assessor especial da presidenta Dilma Dilma Rousseff, foi internado esta manhã no Incor (Instituto do Coração), em Brasília, após passar mal. Ainda não foi divulgado boletim médico sobre o seu estado. 

Conhecido pelos palpites em política externa, que são levados mais em conta que a opinião profissional e qualificada dos diplomatas do Ministério das Relações Exteriores, Garcia ficou célebre ao ser filmado celebrando com o gesto obsceno uma notícia do "Jornal Nacional" sobre a queda do avião da TAM no aeroporto de Congonhas, São Paulo. 

O episódio rendeu ao aspone o apelido de "Top-Top".

Pois é, para ser sincero, espero que a hora do grande acerto de contas tenha chegado para mais este petralha nojento! 

E que vá arder nas profundezas dos abismos do inferno!

Rá!

3 comentários:

Anônimo disse...

Faço de conta que não conheço esse elemento, esse individuo.

Catapultando disse...

Não adiante torcer contra esse Senhor, pois no PT há um estoque de párias e logo em seguida surge outro que pode ser pior que ele. Parece que não existe outro pior, mas nas hostes petistas existem sim.

jecanarquista disse...

Grande Marco Aurélio Top Top!
É a cara do Brasil do Lula... com hemorróidas estuporadas!

Remédio para o Brasil hemorróidento do Lula?
Tem. É feito com alho e óleo!

Como se prepara esse remédio?
Pega-se 13 dentes de alho, 100 ml de óleo de milho, um sabugo e um pilão de madeira sucupira. Coloca-se um pouco de óleo de milho, dois ou três dentes no pilãozinho de madeira sucupira e vai macerando o alho com o sabugo. Coloca-se mais um pouco de óleo, mais dois ou três dentes de alho e vai macerando o alho. Repetir até macerar bem macerado os 13 dentes de alho e com os 100 ml de óleo. Ao final, passa todo o conteúdo do pilãozinho de madeira sucupira para um frasco de vidro previamente lavado, lava-se o pilãozinho e guarda-o. Está pronto e só passar esse santo remédio!

(E um petralha, muito interessado - certamente, para ensinar e fazer média com o Lula, perguntou: "E o sabugo? O que se faz com ele?"...)

Modo de usar: pega-se essa pasta e passa-se sobre e ao redor das hemorróidas.

Mas cura, mesmo?

Tem que ter fé. Sem fé, sem garantia.

-----------

Vocês sabem quem bolou essa receita e ensinou para o Osolev, alfaite dos bons e ex-jogador de futebol da A. A. Caçapavense?

Foi o saudoso Fiar, diretor de escola dos mais respeitados pelos alunos, funcionários e professores.
Praça da Bandeira, mais de 11 horas da noite, escola já fechada e luzes apagadas. O Fiar sentado no banco da Praça, de frente pra escola, rodeado por uns 3 alunos e mais 2 cidadãos, quando o Osolev chegou, encostou a bicicleta na guia da calçada e veio se reunir conosco. Ele estava com uma cara de dor. Não deu outra, conversa vai conversa vem e o Fiar puxou assunto de hemorróidas, que era o martírio do Oselev. O Fiar falou e criou expectativas em torno de uma receita que ele sabia, o Oselev ficou curioso e insistiu para que Fiar ensinasse. Ensinou. O Osolev fez uma expressão de alívio, parecia que estava botando fé naquilo que ouviu, e perguntou, "Mas isso cura, mesmo?" - Deu dó dele, quando o Fiar abriu um sorriso e disse, "Curar não cura, mas que fica um zinho a alho e óleo, fica!". Quase que o Osolev pulou no pescoço do Fiar, mas ele não alcançaria porque o Fiar já esperando uma reação dele, mais do que depressa se levantou. O Fiar era bem mais alto que o Osolev.