Taiadablog: Fala o ex-dono do Pinheirinho !!!

domingo, 29 de janeiro de 2012

Fala o ex-dono do Pinheirinho !!!




A ala desinformada da imprensa fica escrevendo que o terreno do Pinheirinho, retomado pela justiça de invasores agrupados como "sem teto", era de Naji Nahas que o obteve em situação suspeita, após a morte do casal proprietário, que não tinha fillhos e tal.

"É mentira. Os Kubitzky nem eram daqui. Eu é que comprei essa área, em 1978, da família Lahud, e a vendi ao Nahas. Tudo escriturado. Antes de ser invadido pelos sem-teto, aquilo era lindo, um verdadeiro jardim".
Quem fala é o "Comendador Bentinho", como é chamado Benedito Bento Filho, de 75 anos, cidadão de São José dos Campos que desde a década de 1950 figura nos maiores negócios imobiliários da cidade.

"Aquilo tudo era meu mesmo". E contesta as lideranças dos invasores, para as quais o Pinheirinho era terra improdutiva, mantida no seu patrimônio e depois no de Nahas, apenas para especulação imobiliária. "O nome, aliás, nem era Pinheirinho. Era Parreiras de São José."

" Ali havia 62 pessoas trabalhando com 32 mil árvores frutíferas. Eram parreiras de uva Itália, pés de tangerina poncã, a gente até vendia no Ceasa de São Paulo, castanheiros, bananeiras, abacateiros, além de 400 jabuticabeiras e de umas cabeças de gado".
Em 1978 o comendador fez um projeto de construção de 5.140 unidades habitacionais no terreno de 1.386.207,64 metros quadrados. Foi aprovado mas não saiu do papel. Em 1983 a prefeitura mudou o zoneamento urbano e transformou a área em zona industrial.

Em 2004 os sem-terra organizados por sindicalistas, pastorais da igreja católica e partidos de esquerda invadiram a área e ficaram até domingo passado. Vale 200 milhoões o terreno. O comendador Bentinho tem outro ao lado.

3 comentários:

Marcos Bidart de Novaes disse...

Onde estão as provas disso? Escrituras? Aprovação do zoneamento? Comendador? O que é isso?

Jansen Terra disse...

O, seu Marcos as provas é de quem acusa, o Sr. prove o que está dizendo ou nada sabe e também faz parte da corja que incentivaram a invasão.Se o Sr. não sabe o que é escritura pública, lei de zoneamento e que tais, fique de boca fechada.

niltinho piloto disse...

Cada dia que passa, vejo que área urbana da mais dinheiro que uma area rural, uma pena, pois a rural produz "alimentos" a urbana a "discordia"