Taiadablog: Justiça livra Cid Gomes de devolver dinheiro gasto com cachê de Ivete !!!

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Justiça livra Cid Gomes de devolver dinheiro gasto com cachê de Ivete !!!

A mequetréfica justiça do Ceará rejeitou a ação do Ministério Público Federal que obrigava o governador Cid Gomes (PSB) a devolver o dinheiro gasto com o cachê da cantora Ivete Sangalo pelo show de inauguração do Hospital Regional Norte, em Sobral (233 km de Fortaleza). 
 
A ação pedia que Gomes restituísse os R$ 650 mil do próprio bolso. Porém, a juíza Elise Avesque entendeu que a Justiça Federal não tem competência para julgar o caso porque não houve dinheiro federal no pagamento do cachê. 
 
O MPF acusa o governador de violar o “princípio da moralidade administrativa” ao desviar dinheiro público de sua finalidade.
 
Com 176 de seus 184 municípios em estado de emergência pela sêca, este pirata raivoso e seu irmão chupim, detonam o erário cearense, como se fosse de seus bolsos!

2 comentários:

Brasilino Neto disse...

JC neste caso não é a justiça que é mequetréfica, mas sim o Ministério Público que pouco sabe de direito, posto que se não houve, como decidiu a juíza, verba federal, a representação Ministerial Federal é incompetente para a propositura do pedido. E mais, incompetente legalmente e pessoalmente, por não saber destas questões comezinhas de direito. Cabia ao Ministério Público Estadual que, no entanto, na gaveta de Cid, omitiu-se. Infelizmente.

jecanarquista disse...

Quem "é" o MP e a Justiça Estadual no Ceará, Maranhão, Amapá - ou seja, na maioria dos Estados?

Seria Cid Gomes no Ceará?
Sarney no Maranhão e Amapá?

Onde Governo em Brasília não cumpre detrminação do STF a respeito do FPE, sob alegação que o Legislativo não votou as novas regras, e que TCU "avaliza" a decisão do Executivo em desconsiderar o STF nesse caso?

Então, quem é o TCU? É o Lula desde 2.003 e agora a Dilma e Sarney???

Bah!, que são 600 e poucos mil reais para uma cantora popular e que pode alegrar um pouco o povo judiado e acostumado há gerações com a seca?, muitos dirão.

É a "desÉtica" cada vez mais realidade.